quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

o spot em terra

Como já houve alguém a "aberdinar" o sistema com fotos de peidas de gajas, não irei hoje por esse caminho.
Vou escrever um pouco sobre um assunto de que, mais tarde, outros, seguramente, irão falar: o nosso spot em terra.
Claro ke tou a falar do bar do André, mais conhecido por Bar da Praia.
O Bar da Praia nem sempre foi o bar da praia.
Comecei a frequentá-lo kuando o senhor Eduardo, pai do André, o abria no verão para vender umas jolas e os seus deliciosos gelados caseiros.
O bar, para kem se lembra, era um local de excelência para vestir e despir os fatos, abrigado que era do gélido vento norte.
Tempos ke recordo com alguma nostalgia.
Depois de sair da água completamente gelado, ficava ali, encolhido e a tremer de frio, a fumar um belo SG Ventil (ke saudades), e a observar o pessoal ke, heroicamente, ainda resistia ao gelo, com um grande sorriso.
Nesta altura, o Bar da Praia era o "Bar do Ti Dudu", em homenagem ao senhor Eduardo, ke por vezes nos deixava acampar lá dentro.
Por agora, não tenho fotos do novo bar. Se alguém tiver, acrescente. Deixo aki um pôr-do-sol tirado do bar, naquela altura, a uma bela sereia - uma das 3 com ke passei um final de ano a beber vinho tinto e a ouvir as ondas do mar, e 2 outras de um desses insólitos acampamentos.

P.S.- Vejam se conhecem o bacano ke vem a sair da tenda? - nesta altura um bocado mais novo!
Na outra foto, o bacano ke está de pé, pa kem não saiba, é o nosso amigo Ricardo "Brasileiro", ke anda desaparecido.

3 comentários:

Lapas disse...

Quem o viu e quem o vê, o nosso Bar da Praia... Belo parque de campismo! O Picachú (é ele, não é?) a sair da tenda com ar de toupeira (devia ir mijar ou dar a palmada numa Sagres - coitado do Ti' Dudu!)...

David disse...

Sem dúvida belos tempos, os do bar do Ti'Dudu... não é k agora não seja bom, era diferente... outros tempos!!!

Anónimo disse...

Bons tempos pessoal!!!
Mas o hoje bar da Praia, era para um pequeno grupo, o "DUDU`S BAR".
Deixo aqui a homenagem ao Brasileiro, pois foi ele que deu o nome ao bar, para o pessoal poder indentificar onde se ia comer a sandóca e beber a jola.