segunda-feira, 13 de abril de 2009

filosofia do pé cagado

Era de esperar. O fim-de-semana comprido trouxe a Peniche e ao Baleal uma chusma de gente e um papagueado colorido, com cheiro a Espanhas, Alemanhas e Américas, que fez da nossa Capital da Onda a Capital do Bife (os Algarves que se cuidem!).
Mas a grande nova não precisou de cruzar fronteiras e chegou fresquinha de Vila Franca. Após longa ausência (ainda há-de explicar-se aqui o que lhe deu sumiço), eis que aterrou no nosso Cantinho, como se fosse um OVNI, o mister Carlos de Oliveira, mais conhecido, pelos Oestes, por um sinónimo de “injecções”.
Desembarcou com fé pascal, pois mal colocou o pezinho em terra, provou com a boca do sapato umas amêndoas de cão. Dizem que é sorte. E ele apoiou-se no ditado, pois com o seu espírito à Jerry Lewis, fisgou um pauzinho para percorrer o labirinto da sola enquanto soltava com muito fairplay as suas típicas e alti-sonoras gargalhadas.
O crowd, aposto, matou com gosto saudades dele, pois como é hábito, no meio das ondas, o mister Carlos de Oliveira é o único que se ouve, nem que seja a rir.
Já imaginaram se fôssemos todos como ele?
Não tenho dúvidas: se todos ríssemos do nosso próprio pé cagado, o surf seria, certamente, uma espécie de “rave” da alegria, em vez do recreio de presidiários mal encarados e prontos a comerem-se uns aos outros, que é o que somos, muitas vezes, dentro de água, por esse mundo fora, pelo menos desde que o surf se industrializou.
Boas ondas, amigo!

7 comentários:

Raquel disse...

Para não fugir ao assunto, posso dizer que me CAGUEI A RIR com o relato! É bonito como de um acontecimento que estragaria o dia a muito boa gente, vocês, pessoal "very nice", fazem uma festa digna de registo no nosso blogue!

;)

Sérgio "Isca" Ramalho disse...

Antes pisar a bela bosta que dropinar o pesssoal...

Pikas disse...

Só tenho a dizer...que a pisar desta maneira a bosta... o Euro milhões está entregue de caras. Nem necessito de jogar.
Para os dropinadores. Depois de alguns meses de ausência e na segunda onda que faço... claro um dropino descarado, do nosso amigo Sérgio. Penso que foi para não me esquecer.

Sérgio "Isca" Ramalho disse...

Eu...aquilo era uma esquerda...

diogo disse...

Boas.
Continuam animados e bem dispostos.
É preciso ter azar estar no baleal onde a probabilidade de apanhar merda de gaivota deve ser 10000 vezes superior ao pisar merda de cão.
Enfim, azares a parte gostei do relato de como tirar a dita cuja do rasto do sapato.
Normalmente quando me calha esta sorte só utilizo esta técnica no fim e como acto de desespero. Primeiro passo por acusar todos os que estão a minha volta com um simples alguém se abriu não posso aqui estar, porcos do c****.
Após deixar as suspeitas no ar procuro um sítio onde a erva está mais verde e viçosa e com um golpe de mestria esfrego o meu sapato na erva parecendo que estou a por uma mota a trabalhar. Só por fim e quando já não dá para esconder de ninguém lá uso o pauzinho e mostro a minha indignação para o ocorrido.
Ainda bem que existem pessoas bem dispostas como o picas que apesar destes pequenos azares levam todo a rir, e fazem rir os outros.
abraços

Rui Lopes disse...

Eu vi logo que andavas metido nisso hahahahaha

Amazon disse...

Wow.....
Very unique blog.

I like your blog.

Plesae visit:

Online shopping retailer of books, movies, music and games along with electronics, toys, apparel, sports, tools, groceries and general home and garden items at everyday low prices.

http://homeshopping123.blogspot.com/


Good day.