quinta-feira, 22 de abril de 2010

febre do sabado de manhã

Ninguém duvida de que o sábado foi uma grande invenção da humanidade, melhor ainda do que certo marisco, como as sapateiras, de que gosto muito, mas que considero mal concebidas, por causa dos membros desproporcionados, pois o prazer que nos traz a deglutição duma perna gorda é inversamente proporcional ao duma pequena, que parece clonada dum aracnídeo.
Duma coisa estou certo: se todos os dias fossem sábado, seríamos seguramente criaturas muito mais felizes. Experimentaríamos uma espécie de brilhantina na alma e, como o John Travolta, dançaríamos benevolamente enfebrados entre uma bola de espelhos dependurada no cosmos, a milhões de quilómetros, e um palco de ondas com sabor a sapateira só de pernas gordas...

video

2 comentários:

LPata disse...

Mto giro...eu partilho desta febre.. um ab

Vitor Caixa disse...

está bom, continuem essa produções...